Organização

Execução

 

Artigo 1.º - Objeto

 

1. O Prémio Mário Ruivo - Gerações Oceânicas, doravante designado Prémio, galardoa anualmente um projeto original no tema: Conhecer e Interagir com o Oceano.


2. O Prémio distingue projetos, realizados por alunos em contexto escolar, que registem em filme a importância do Oceano para a vida humana.

Artigo 2.º - Prémio

1. O Prémio reconhece o mérito, qualidade e impacto potencial dos projetos a concurso.


2. O Prémio total é de 5.000€, podendo ser atribuído a mais do que um projeto apresentado a concurso.


3. O Prémio reverte para a escola(s) da(s) equipa(s) vencedora(s).


4. O Prémio é atribuído, em cerimónia específica e os organizadores suportam os custos de transportes e alojamento das equipas vencedoras, se necessário.

5. O(s) projeto(s) vencedor(es) são divulgados através dos organismos da área do Mar, e as respetivas equipas são premiadas com uma experiência de mar e uma visita ao navio de investigação "Mar Portugal".

Artigo 3.º - Menções Honrosas

1. São atribuídas Menções Honrosas aos segundos e terceiros melhores projetos a concurso


2. A cada Menção Honrosa corresponde um prémio de 1.500€.


3. O prémio das Menções Honrosas reverte para a escola(s) da(s) equipa(s) vencedora(s).


4. O prémio é atribuído, em cerimónia específica e os organizadores suportam os custos de transportes e alojamento das equipas vencedoras, se necessário.


5. Os Projetos Vencedores são divulgados através dos organismos da área do mar, e as respetivas equipas são premiadas com uma visita ao navio de investigação "Mar Portugal".

Artigo 4.º - Critérios de Elegibilidade

1. Podem candidatar-se equipas constituídas por estudantes matriculados nas escolas do terceiro ciclo do ensino básico e escolas secundárias.


2. Cada equipa incluirá, necessariamente, diversas idades e níveis de ensino diferentes, sendo orientadas e representadas por um Professor da Escola concorrente.


3. Cada equipa é constituída por um mínimo de quatro alunos e um máximo de oito alunos participantes.


4. A inscrição da equipa tem de ser enviada até 16 de maio utilizando o formulário disponível no site oficial.


5. O envio do filme tem de ser efetuado até 18 de maio para o e-mail premiomarioruivo@dgpm.mm.gov.pt, recorrendo ao site de envio de ficheiros www.wetransfer.com.


6. Só serão considerados a concurso os filmes que venham acompanhados dos seguintes elementos:


a) Código de Inscrição (gerado após o envio da inscrição no site oficial)


b) Autorizações para Captação e Divulgação de Imagem/Cedência dos Direitos de Imagem (modelo disponível no site oficial), assinadas pelos encarregados de educação dos alunos envolvidos.


7. Todos os projetos/filmes são narrados em língua portuguesa, admitindo-se a legendagem em Português, desde que os trechos narrados em língua estrangeira não excedam metade da duração do filme.


8. Todos os projetos e respetivos registos em imagem (filme) devem ser realizados no período estabelecido no anúncio de abertura de concurso.


9. As gravações não podem ter uma duração superior a 5 minutos.

Artigo 5.º - Critérios de Avaliação

1. O Júri avalia os projetos candidatos de acordo com os seguintes critérios cumulativos: conteúdo da mensagem e propriedade do tema; criatividade e originalidade; precisão e correção da informação; qualidade visual e sonora do registo.

Artigo 6.º - Júri

1. O Júri independente é constituído por 5 personalidades reconhecidas na área do conhecimento e divulgação do Oceano, sendo designado por decisão conjunta do Ministro da Cultura, do Ministro da Educação, e da Ministra do Mar.

2. O Júri delibera com total independência e em plena liberdade de critério, por maioria dos votos dos seus membros, cabendo, em caso de empate, ao Presidente do Júri o voto de qualidade.


3. As decisões do Júri são secretas e definitivas.


4. O Prémio é atribuído no final de cada ano letivo.

Artigo 7.º - Propriedade intelectual e autorização de uso

1. A reprodução dos projetos e gravações submetidas a este concurso é autorizada às Entidades organizadoras do concurso.

Artigo 8.º - Responsabilidades

1. Os organizadores do Prémio não são responsáveis por eventuais danos ou perdas que, sem culpa sua, ocorram nos materiais enviados pelos participantes no Prémio.

Artigo 9.º - Disposições Finais

1. O Prémio é atribuído pela Ministra do Mar, pelo Ministro da Educação e pelo Ministro da Cultura,

2. A Direção-Geral de Política do Mar é a entidade responsável pela organização e logística necessárias à atribuição do Prémio

    CONSULTA O REGULAMENTO